Órgãos Sociais

Direcção

  • Aida Tavares

    Actualmente é Directora Executiva do Teatro Municipal São Luiz, em Lisboa.

    De 1989 a 1995, trabalhou na Câmara Municipal de Loures, como Coordenadora do Gabinete de Juventude, sendo Responsável pela Programação Cultural para a Juventude. Em 1995 e 1996, colaborou nas “Festas de Lisboa” como Directora de Produção.

    De 1996 a 1998, trabalhou como Chefe de Projecto do Festival dos Cem Dias: acontecimento composto por espectáculos e exposições sob o tema Séc. XX. Responsável pela produção do programa de Música Contemporânea, Dança e desenho da Programação Infantil, bem como na EXPO’98 – Exposição Mundial de Lisboa, como Coordenadora da Direcção de Cena do Teatro Camões, Teatro responsável pelo acolhimento dos espetáculos de honra dos países participantes.

    De 1999 a 2002, na Câmara Municipal do Barreiro, na Direcção Artística do Auditório da CUF, como Coordenadora do Departamento de Cultura e Responsável pela Programação Cultural da Câmara Municipal .

    Em 2002, colaborou na Câmara Municipal de Setúbal, como Coordenadora do Departamento de Cultura e Responsável pela Programação Cultural da Câmara Municipal.

    Colabora para o São Luiz Teatro Municipal – CML – EGEAC, desde 2002, tendo tido funções de Coordenadora da Direcção de Cena, Gestora e Responsável pela Planificação da Programação, Directora Técnica-Adjunta, Assistente da Direcção Artística para a Programação e Direcção Geral do Teatro (Administração e Direcção Artística). 

  • Olga Neves Carneiro

    Nasceu no Porto.

    Trabalhou no jornal PÚBLICO entre 1990 e 2006.

    Iniciou a sua actividade de produtora no Balleteatro Auditório em 1996. Nesta entidade produziu o Ciclo Movimentos – Dança e Teatro Contemporâneo e ainda o Ciclo de Música Improvisada entre 1996 e 1999.

    Em 1999, é convidada por Maria João e Mário Laginha para produtora executiva dos seus concertos e discos. Com eles produziu centenas de concertos em Portugal e no estrangeiro.

    Foi agente de Bernardo Sassetti durante uma década.

    Trabalha actualmente com Camané, Carlos Bica, Cristina Branco, João Paulo Esteves da Silva, Maria João, Mário Laginha, Orquestra Jazz de Matosinhos (OJM) e Pedro Burmester.

  • Pedro Sassetti Paes

    Nasceu em 07/07/1955, o terceiro de 8 irmãos, o mais novo dos quais foi o Bernardo.

    É licenciado em Engenharia Electrotécnica pelo IST (1979) e doutorado em Energética – opção Fotovoltaica pela Universidade Aix-Marselha (1988), com equivalência ao grau de doutor em Engenharia de Materiais pela UNL (1989).

    De 1980 a 1996, foi investigador no Departamento de Energias Renováveis do INETI, desenvolvendo actividades na área da Energia Solar Térmica e Fotovoltaica.

    Contratado pela EDP em 1996, começou por realizar actividades de gestão e implementação de projectos de I&D na área da energia eléctrica e energias renováveis e, desde 2004, passou a integrar a Direcção de Sustentabilidade do Centro Corporativo da EDP, dedicando-se a áreas estratégicas como as Alterações Climáticas, a Eficiência Energética e as Energias Renováveis.

    Para além desta actividade profissional, foi ainda Adjunto do Secretário de Estado Adjunto do Ministro da Economia (2001-2002); foi Vice-Presidente da SPES – Sociedade Portuguesa de Energia Solar (2001-2007); foi membro do Conselho de Administração da APVE – Associação Portuguesa do Veículo Eléctrico (2006-2013); foi o representante nacional na Comissão Executiva do Programa de Cooperação “Photovoltaic Power Systems” da Agência Internacional de Energia (1993-2011); representa a ELECPOR e a EDP, desde 2005, no Working Group “Energy Efficiency” da EURELECTRIC; e é o Presidente da Comissão Técnica de Normalização CTE82 – Sistemas Fotovoltaicos desde 2006.

Mesa da Assembleia Geral

  • Beatriz Batarda

    Nascida em Abril de 1974, formou-se em Londres na Guildhall School of Music and Drama com bolsa do Ministério da Cultura, obtendo um BA (Hons) Drama em 2000.

    Em 1986, participa no seu primeiro filme “Tempos Difíceis” de João Botelho. Seguem-se várias participações em filmes de Manoel de Oliveira, Luís Galvão Teles, José Álvaro de Morais, Marco Martins, João Canijo, Pedro Caldas, Vicente Jorge Silva, Jeanne Waltz, Ivo Ferreira, Margarida Cardoso, Mark Brozer, Andy Wilson, Mike Dowse, Thomas Vincent, Erik de Bruyn, Gonçalo Galvão Teles, Christine Laurent, Eugène Green e Bille August.

    No teatro trabalhou com encenadores como Luís Miguel Cintra, Diogo Dória, João Perry, Carlos Pimenta, Ana Tamen, Marco Martins, Carlos Aladro, Christopher Morahan, Steven Unwin, Joseph Blatchley.

    Em 2007, fundou o projecto artístico Arena Ensemble com Marco Martins, e encenou as peças “Olá e Adeusinho”, “Azul Longe nas Colinas”, “Uma Bizarra Salada” e “Sangue Jovem”.

    Dedica-se também ao ensino desde 2005.

    Foi casada com o músico Bernardo Sassetti de quem tem duas filhas.

  • José Pedro Gil

    Director Executivo da empresa 3HComunicação e produtor da gravação de Suite Maria do Mar, feita em 2010, interpretada por Bernardo Sassetti e a Sinfonietta de Lisboa. Amigo e entusiasta da obra de Bernardo Sassetti.

     

  • Pedro Moreira

    Saxofonista, compositor, maestro e pedagogo, tem uma Licenciatura em Jazz e um Mestrado em Composição pelo Mannes College of Music, de Nova Iorque.

    Actuou com o seu grupo nas principais salas e festivais portugueses, assim como em vários países, na Europa, América e África.

    É actualmente o director da Escola Superior de Música de Lisboa, onde coordenou desde 2008 a variante de jazz da Licenciatura em Música. Foi director da Escola Luiz Villas-Boas e maestro da Big Band do Hot Clube de Portugal.

    Trabalhou com a Orquestra Sinfónica Portuguesa, Orquestra Metropolitana de Lisboa, Orquestrutópica, Orquestra do Algarve e conta com peças suas tocadas por vários grupos de jazz e de música erudita como Orquestra de Jazz de Matosinhos, Apollo Saxophone Quartet, Grupo de Música Contemporânea de Lisboa, Drumming, Orquestrutópica.

    Escreveu música para as peças de teatro "Quando o Inverno Chegar", "Mega Tarts", no Teatro São Luiz, e "De Homem Para Homem", na Cornucópia.

Conselho Fiscal

  • Nuno Pratas

    Disponível brevemente.

  • Leonor Silveira

    Actriz desde 1989, participou até à data em 24 filmes de vários realizadores portugueses.

    Entre as suas interpretações mais recentes estão as que desempenhou em O Gebo e a Sombra, Singularidades de uma Rapariga Loira, Um Filme Falado e A Carta. Quanto aos filmes de Oliveira baseados em obras de Agustina Bessa-Luís, Leonor Silveira protagonizou figuras centrais em Espelho Mágico, O Princípio da Incerteza, Party, O Convento e Vale Abraão.

    Regularmente convidada para a constituição de júris de festivais de cinema nacionais e internacionais, é membro da Académie des Beaux –Arts de l´Institut France, na qualidade de correspondente internacional, da European Film Academy e do Conselho consultivo da cátedra Manoel de Oliveira da Universidade Portucalense.

  • Margarida Paes

    Disponível brevemente.