Órgãos Sociais

Direcção

  • Pedro Gonzalez

    Formado em gestão de empresas pelo Instituto de Novas Profissões, Pedro
    Gonzalez integrou em 1995 a equipa do arquitecto Manuel Salgado no
    Departamento do Recinto da Expo´98. Exerceu, depois, vários cargos na Parque
    Expo e dirigiu a comunicação do Programa Polis em 10 cidades portuguesas. Em
    2003 é convidado para a direcção executiva da Bates Design e descobre nas
    agências de publicidade a sua vocação. Com a fusão com Y&R Portugal, acumula a
    direcção da área de publicidade do grupo até 2008, ano em que assume a
    direcção executiva da Mola Ativism.
    Em 2014 regressa à Y&R, desta vez como Business Manager com a missão de
    lançar novas áreas da network internacional em Portugal e de gerir novos
    negócios. Em 2015 volta a liderar a agência de branding do grupo, cargo que
    mantém até hoje.
    Principais clientes: UEFA, Intermarché, FIBA, Artevasi, BMW, GALP.

  • Nuno Pratas

    Licenciado em Sociologia (UAL) e pós-graduado em Gestão Cultural nas Cidades (INDEG/ISCTE) e em Práticas Culturais para Municípios (FCSH/Universidade Nova de Lisboa). De 2015 a 2017 foi docente da cadeira de "Gestão e Produção Teatral", no Curso de Teatro da Escola Superior de Artes e Design (Caldas da Rainha), do Instituto Politécnico de Leiria. Desde 2015 é gestor financeiro e administrativo do Teatro do Eléctrico. Foi diretor de produção de espetáculos teatrais encenados por Álvaro Correia, Ana Nave, André Amálio, António Feio, António Jorge Gonçalves, Beatriz Batarda, Carla Bolito, Carlos Aladro, Claudio Hochman, Cucha Carvalheiro, Elmano Sancho, João Grosso, João Ricardo, Miguel Loureiro, Miguel Moreira, Paulo B., Teresa Sobral e Sara Gonçalves. Foi, ainda, diretor de produção do espetáculo de inauguração do Parque Temático da Madeira; do espetáculo de comemoração dos 500 anos da elevação do Funchal a Cidade; do espetáculo de celebração da realização da Cimeira Ibero-Americana e da entrada em vigor do Tratado de Lisboa; do espetáculo de celebração dos 100 anos da classificação do Castelo de S. Jorge como Monumento Nacional; do espetáculo multimedia "Lisboa, Quem És Tu?" (Castelo de S. Jorge) e das edições 2009 e 2010 do Festival Raízes do Atlântico (worldmusic - Funchal).

  • Pedro Sassetti Paes

    Nasceu em 07/07/1955, o terceiro de 8 irmãos, o mais novo dos quais foi o Bernardo.

    É licenciado em Engenharia Electrotécnica pelo IST (1979) e doutorado em Energética – opção Fotovoltaica pela Universidade Aix-Marselha (1988), com equivalência ao grau de doutor em Engenharia de Materiais pela UNL (1989).

    De 1980 a 1996, foi investigador no Departamento de Energias Renováveis do INETI, desenvolvendo actividades na área da Energia Solar Térmica e Fotovoltaica.

    Contratado pela EDP em 1996, começou por realizar actividades de gestão e implementação de projectos de I&D na área da energia eléctrica e energias renováveis e, desde 2004, passou a integrar a Direcção de Sustentabilidade do Centro Corporativo da EDP, dedicando-se a áreas estratégicas como as Alterações Climáticas, a Eficiência Energética e as Energias Renováveis.

    Para além desta actividade profissional, foi ainda Adjunto do Secretário de Estado Adjunto do Ministro da Economia (2001-2002); foi Vice-Presidente da SPES – Sociedade Portuguesa de Energia Solar (2001-2007); foi membro do Conselho de Administração da APVE – Associação Portuguesa do Veículo Eléctrico (2006-2013); foi o representante nacional na Comissão Executiva do Programa de Cooperação “Photovoltaic Power Systems” da Agência Internacional de Energia (1993-2011); representa a ELECPOR e a EDP, desde 2005, no Working Group “Energy Efficiency” da EURELECTRIC; e é o Presidente da Comissão Técnica de Normalização CTE82 – Sistemas Fotovoltaicos desde 2006.

Mesa da Assembleia Geral

  • Beatriz Batarda

    Nascida em Abril de 1974, formou-se em Londres na Guildhall School of Music and Drama com bolsa do Ministério da Cultura, obtendo um BA (Hons) Drama em 2000.

    Em 1986, participa no seu primeiro filme “Tempos Difíceis” de João Botelho. Seguem-se várias participações em filmes de Manoel de Oliveira, Luís Galvão Teles, José Álvaro de Morais, Marco Martins, João Canijo, Pedro Caldas, Vicente Jorge Silva, Jeanne Waltz, Ivo Ferreira, Margarida Cardoso, Mark Brozer, Andy Wilson, Mike Dowse, Thomas Vincent, Erik de Bruyn, Gonçalo Galvão Teles, Christine Laurent, Eugène Green e Bille August.

    No teatro trabalhou com encenadores como Luís Miguel Cintra, Diogo Dória, João Perry, Carlos Pimenta, Ana Tamen, Marco Martins, Carlos Aladro, Christopher Morahan, Steven Unwin, Joseph Blatchley.

    Em 2007, fundou o projecto artístico Arena Ensemble com Marco Martins, e encenou as peças “Olá e Adeusinho”, “Azul Longe nas Colinas”, “Uma Bizarra Salada” e “Sangue Jovem”.

    Dedica-se também ao ensino desde 2005.

    Foi casada com o músico Bernardo Sassetti de quem tem duas filhas.

  • José Pedro Gil

    Director Executivo da empresa 3HComunicação e produtor da gravação de Suite Maria do Mar, feita em 2010, interpretada por Bernardo Sassetti e a Sinfonietta de Lisboa. Amigo e entusiasta da obra de Bernardo Sassetti.

     

  • Pedro Moreira

    Saxofonista, compositor, maestro e pedagogo, tem uma Licenciatura em Jazz e um Mestrado em Composição pelo Mannes College of Music, de Nova Iorque.

    Actuou com o seu grupo nas principais salas e festivais portugueses, assim como em vários países, na Europa, América e África.

    É actualmente o director da Escola Superior de Música de Lisboa, onde coordenou desde 2008 a variante de jazz da Licenciatura em Música. Foi director da Escola Luiz Villas-Boas e maestro da Big Band do Hot Clube de Portugal.

    Trabalhou com a Orquestra Sinfónica Portuguesa, Orquestra Metropolitana de Lisboa, Orquestrutópica, Orquestra do Algarve e conta com peças suas tocadas por vários grupos de jazz e de música erudita como Orquestra de Jazz de Matosinhos, Apollo Saxophone Quartet, Grupo de Música Contemporânea de Lisboa, Drumming, Orquestrutópica.

    Escreveu música para as peças de teatro "Quando o Inverno Chegar", "Mega Tarts", no Teatro São Luiz, e "De Homem Para Homem", na Cornucópia.

Conselho Fiscal

  • Inês Albuquerque

    Disponível brevemente.

  • Leonor Silveira

    Actriz desde 1989, participou até à data em 24 filmes de vários realizadores portugueses.

    Entre as suas interpretações mais recentes estão as que desempenhou em O Gebo e a Sombra, Singularidades de uma Rapariga Loira, Um Filme Falado e A Carta. Quanto aos filmes de Oliveira baseados em obras de Agustina Bessa-Luís, Leonor Silveira protagonizou figuras centrais em Espelho Mágico, O Princípio da Incerteza, Party, O Convento e Vale Abraão.

    Regularmente convidada para a constituição de júris de festivais de cinema nacionais e internacionais, é membro da Académie des Beaux –Arts de l´Institut France, na qualidade de correspondente internacional, da European Film Academy e do Conselho consultivo da cátedra Manoel de Oliveira da Universidade Portucalense.

  • Margarida Paes

    Disponível brevemente.